terça-feira, 24 de agosto de 2010

Assumido

Enfim, o São Paulo admitiu que vive uma crise.
Evidentemente, não usou essa palavra, mas os discursos e as atitudes foram bastante conclusivos.
Permitiram até a entrada de torcedores no CT. Eles queriam protestar.
Algo estranho, para quem até outro dia pregava não ser igual aos outros.
Já há quem diga que o momento atual do São Paulo era esperado; cedo ou tarde iria acontecer, já que ninguém se mantém no topo a vida inteira.
Verdade, mas algo perigoso.
Só falta a diretoria tricolor adotar essa filosofia para dizer que no São Paulo tudo é tão bem planejado, mas tão bem planejado, que a crise estava dentro de um cronograma e que, por isso, a solução será encontrada de maneira rápida.
Não estranhe se você começar a ouvir essa conversinha.
E, principalmente, não estranhe se essa teoria for levantada e/ou defendida por alguns colegas.
Sabemos que o coração fala muito, mas muito mais alto que a razão.
Principalmente para os que dizem que não falam com o coração.

2 comentários :

  1. Francisco Augusto Karlos Eudoro24 de agosto de 2010 15:48

    Deplorável a diretoria deixar os bandidos organizados entrarem... mas tem time cuja torcida recebe ex-técnico na porrada quando este vem acertar as contas no clube... Isso é bonito?

    ResponderExcluir
  2. O São Paulo , não é diferente de nenhum time. O grande problema é que ele acha que é . Vamos ver qual a idéia da diretoria para ajudar o time e qual será a cabeça dos jogadores para entender essa fase. Estão acostumados a sempre ganhar e agora como será ??

    ResponderExcluir