sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Urubatão

O blogueiro está em férias.
E triste...
Urubatão Calvo Nunes se foi...
Tinha 79 anos. Jogou no Santos de 1954 a 1961.
Fou um dos muitos conselheiros de Pelé no início da carreira.
Dizia para ele: "Neguinho, estude".
Minha tristeza não veio apenas pela partida de um ex-jogador, de um campeão com o Santos.
Veio pela perda de um colega.
Trabalhei com Urubatão na Rádio Cacique de Santos, na equipe do Capitão Paulo Alberto.
Urubatão era comentarista e este que vos escreve era repórter.
E quantas aulas de futebol...
Urubatão dizia para os jogadores em que eles poderiam melhorar.
Não ligava para decisões do treinador; falava para os volantes arriscarem chutes a gol, mesmo se o técnico dissesse que eles não deveriam.
Tinha uma visão tática como poucos.
Enfim, um conhecedor do assunto.
Reticente com o futebol atual, da força física em detrimento da técnica.
E sempre com uma boa conversa.
Fará falta, seja no futebol, no rádio ou na TV.
Obrigado, Urubatão, muito obrigado.
Fique em paz...

Um comentário :

  1. Ted Richard Paiva Sartori24 de setembro de 2010 12:01

    Grande figura o Urubatão! Conversei poucas vezes com ele, mas pude notar que aquele semblante aparentemente mal-humorado carregava uma grande simpatia, além do grande conhecimento de futebol que ele tinha!

    ResponderExcluir